Assista antes de comprar

Photo of author
POR Vinicius Bastos

O mercado de casas inteligentes cresceu e chamou atenção de empresários e investidores, já que menos de 1% das casas possuem sistemas de automação.

Nos últimos dois anos, dezenas de empresas lançaram lâmpadas, interruptores, módulos, sensores e câmeras. Prova disso foram as feiras Eletrolar, Intersolar e Exposec.

Praticamente todas elas optaram pela plataforma Tuya, que é uma empresa Chinesa focada em unir fabricantes Chineses com distribuidores em todo o mundo, fornecendo uma plataforma para desenvolvimento de dispositivos IoT.

Somado a isso, a facilidade de compra, variedade e preços baixos de sites como Ali Express, fez com que milhares de pessoas experimentassem o conforto, a segurança e a economia que um sistema inteligente oferece.

Mas nem tudo são flores.

Um dispositivo para casa inteligente, independente do protocolo de comunicação, é um sistema complexo que envolve hardware, software, eletrônica, design e usabilidade.

Durante o desenvolvimento dos produtos da Quero Automação, eu percebi que muitas empresas (a grande maioria vendedores Chineses) não cuidam de detalhes importantes, que fazem toda a diferença na solução final.

Estou falando do módulo de comunicação, do firmware, das funcionalidades, da integração com a Alexa e Google, da tradução, da interface e até dos ícones no App.

Tudo isso está sob responsabilidade do fabricante e, neste vídeo, eu mostro os bastidores da plataforma Tuya e os cuidados que devem ser tomados para criar um produto de qualidade.

Para comprar os módulos já com esse novo recurso e o novo Gateway Pro cabeado e Wi-Fi, acesse https://queroautomacao.com.br/loja/ e digite o código de acesso de revenda.

Contact to Listing Owner

Captcha Code